quinta-feira, 25 de novembro de 2010

O sonho de Lico (parte 02)

Atrairam-se,beijaram-se demoradamente e dopados por um desejo incontrolável,entraram um no outro até esvaziar,rolaram loucos pelo chão gramado do terreno húmido de orvalho,os pentelhos longos de Lála ficaram impregnados de flor de capim,seu líquido sexual abundante ajudou a aumentar ainda mais o mal cheiro de Lico.Quem se importa?Nada afeta o verdadeiro amor!Eles se querem se completam,se aceitam,não há preconceito no sujo mundo de lico e Làla era o par mais ímpar do planeta,uma fusão erótica de cheiros e tamanhos sem similar,deixaram-se cair lado a lado num suspirar rítmico de satisfação e gozo.Agora sim,com toda calma do mundo enquanto acendia um cigarro do paraguaio,ele pode pensar no carrão e foi o pensar mais satisfatório de toda sua vida.Ah!Carrão preto!Suspirou.Imaginou-se dentro do belo carro,dirigindo e sorrindo,sorrindo e dirigindo,o vento e a paisagem (uma soprando em seus cabelos e a outra veslumbrando seus olhos),o status,os olhares gulosos dos demais sofridos do mundo Pobre de Lico .Ah!Ah!Ah!Todo mundo pensa "caraio".Lico também pensava!Quer saber,porra,eu desejo loucamente ter aquele carro e quero também a Lála na bagagem.Enquanto existir pobre,existirá sonhos e carrões inacessíveis.-Sabe quando o cara é mole,ama fácil,mas também cuspír no chão e "coisar" com tanto fogo eu não aguento falou consigo mesmo.Foi apartir deste instante que veio o plano.Sempre alguêm conspira nos bastidores.O plano amadurecia e a vida prosseguia,a vida sempre prossegue,fria,irredutível e certeira.O plano simples,consistia em adquirir em um único pacote o carro e Lála.Foram meses de intenso amor,muitos meses felizes,tinha algumas briguinhas,mas todo mundo tem né.Lico e Lála,Lála e Lico.Cara!Porém a vida real é foda,na vida real a gente cága,mija,peida,fala caralho,buceta,passa fome,falta dinheiro,tem drogas,crime,ignorância,intolerância,implicância,guerra,a cueca entra no rêgo e a gente tem que tirar sem que os outros vejam,camisinha rasga,um saco...Ah! E tem sogras.Também na vida real as mães costumam intervir no namoro das filhas.Foi exatamente isso que aconteceu com eles,a velha encanou.Largue deste mal cheiroso agora,você bem sabe que nossa vida é corrida,não podemos nos apegar a qualquer um.Implicitamente referia-se ao seu segundo meio de vida,o verdadeiro.Ieda usava sua fábrica de luvas de couro para lavagem de dinheiro do tóxico,sobrevivia.Segundo notícias oficiosas do jornal "Bocal do povo",ela havia assassinado a sangue frio seus quatro últimos
maridos,no popular era a  viúva negra................................................................................continua

8 comentários:

Anônimo disse...

GOSTAR FOI POUCO É LINDO D+. 000000000CHANDÃO--NEGO VEIO DO SUL.

Anônimo disse...

Texto dinâmico que corre aos galopes feito um clipe musical.Gosto do seu estilo.è muito duro mais é bom demais...Continue escrevendo...Rosana D´ark Sulinna

Anônimo disse...

Nunca deixe de escrever vc nasceu pra isso...lindo-GRACIE.COQUEIRAU

Anônimo disse...

Menino tô chocada!Eliane de Lellis.Coqueiral.mto bom!

Anônimo disse...

TEM PIMENTA AÍ TEM!GOSTO!Sinval de Amarante Abrão..Vargen Grande do sul.

Anônimo disse...

bom demais.Sueli de mtaum.

Anônimo disse...

Adoro seus post´s,continue daí que eu vejo aquí....bjos no coração!Dalila.Uberlândia.mg.

Anônimo disse...

Adoro seus post´s,continue daí que eu vejo aquí....bjos no coração!Dalila.Uberlândia.mg.